Para sempre çaçador de mim…

Hoje me lembrei de um dos momentos mais importantes da minha vida, que me fez descobrir um tantão de mim… Foi a primeira vez que estive comigo de verdade. Eu estava sentada diante de um cenário deslumbrante, eu ouvia a canção e agradecia… Eu estava lá para “abrir o peito a força numa procurar, fugir as armadilhas da mata escura.” E acreditar que “longe se vai sonhando demais,” e até questionar, “mas onde se chega assim?” Não importa, pois “vou descobrir o que me faz sentir, eu caçador de mim”…

Por Júlia Miguel

Nov 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s