A ligação do amor…

Muitas vezes você é bravo e não chega tão perto de mim… Mas hoje foi como se o tempo parasse… O telefone que eu fiz para você de massinha tocou. Você atendeu, nós conversamos. A ligação terminou. Em seguida você pulou no meu colo e me disse que queria falar com seu pai. “Quem é seu pai? É meu avô. Você gosta dele? Sim. Você sente saudade dele? Sim.” Então você me abraçou e eu comecei a te embalar. Ficamos assim, abraçados. Você fazendo carinho nas minhas costas enrolado no meu abraço apertado. Você beijou meu rosto várias vezes e eu beijei o seu. Aninhei-te no meu peito mais uma vez. Chorei silenciosamente de emoção. Acho que meu coração tinha tocado o seu… Olhei pra você, agora estava deitado em meus braços, e fiz carinho no seu rosto, nos seus cabelos e continuei a te embalar. Você me olhava nos olhos em silêncio… Aí você me perguntou por que eu chorava. Contei que estava emocionada, que o choro era de alegria. Abraçamo-nos mais uma vez e você quase dormiu… Novamente me olhou nos olhos, acho que foi a primeira vez que te vi de verdade. Olhei para ti e falei: você é um garoto muito legal, gosto muito de você. Acho que o meu coração embalou o seu, assim como o seu embalou o meu… Olhando nos seus olhos pude confirmar, como já dizia o poeta, que bom mesmo é amar. E eu te amo, meu pequeno guerreiro. Creio que hoje, uma ligação de brincadeira nos ligou de verdade…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s