Posto que é chama – em homenagem a Vinicius de Moraes

Quem vai pagar o enterro e as flores se eu morrer de amores já dizia Vinicius… Já morri e renasci de amores. Sou uma Vinicius de saia. Meu coração é como uma fênix, pega fogo com a paixão, arde, sofre, morre e renasce em um novo amor. Impossível perder a poesia da vida. Por isso, amo, me entrego, sofro, costuro minha dor e depois do estrago consertado sigo e continuo meu caminho de amor. Escrito em 11/07/2012 – no Bar Garota de Ipanema – Rio de Janeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s