O nada

Sinto falta de algo que não sei explicar, não é uma saudade, pois não posso nomear.

É uma destas coisas que a alma grita, mas ainda não é possível escutar.

É um vazio, é um mar cujo um navio está vazio a navegar.

É um sentimento oceânico que não se pode falar.

Estou pedindo aos meus sentidos para traduzir, porém, não há palavras, há o silêncio.

No silêncio da minha alma está…Mas, o quê? Não sei dizer…

Minhas lágrimas escorrem por algo que não tem nome.

Clarice disse que:

 “Há um tipo de choro que é bom e há outro ruim. O ruim é aquele em que as lágrimas correm sem parar e, no entanto, não dão alívio. Só esgotam e exaurem. Uma amiga perguntou-me, então, se não seria esse choro como o de uma criança com a angústia da fome. Era. Quando se está perto deste tipo de choro, é melhor procurar conter-se: não vai adiantar. É melhor tentar fazer-se de forte, e enfrentar. É difícil, mas ainda menos do que ir-se tornando exangue a ponto de empalidecer. Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza. Então, são lágrimas suaves de uma tristeza legitima a qual temos direito. Elas correm devagar e quando passam pelos lábios sente-se aquele gosto salgado, límpido, produto da nossa dor mais profunda.”

Tento encontrar uma forma de descrever esse produto, mas ainda não me é possível fazer…

Será preciso absorver cada lágrima caída e quem sabe assim, algum dia, eu vou conseguir compreender essa dor que me dói e que eu ainda nem sei sentir…

Às vezes sinto um cansaço, às vezes quero descansar…

Mas, é preciso sentir esse nada que há.

Afinal de contas, esse nada sou eu falando comigo numa língua que eu ainda não consigo entender.

Um dia ela me será familiar e eu vou poder escutar o que minha alma quer me dizer.

Enquanto isso, silêncio, não há nada para dizer, só para sentir…

Escrito em 15/11/2011

por Júlia Miguel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s